Não sou você, sou eu: a desculpa com que as finais começam

Não é você, sou eu: a desculpa com que as finais começam

Nao é você sou eu. Como ditado por “Blame Me”, a famosa música de Luis Fonsi e Demi Lovato, essa frase afiada faz parte da primeira das desculpas mais usadas ao terminar um relacionamento.

Chega um momento na vida de um casal em que a chama do amor se apaga e, em vez de encará-lo e encerrar o relacionamento de uma maneira digna e clara, é usada essa premissa sutil que não alcança nada além de elogios Sofrimento e agonia.

Certamente você já teve que encarar a famosa frase em algum momento, talvez até a tenha ouvido várias vezes ao longo de sua vida amorosa, mas o que essas palavras realmente escondem? No Diario Femenino analisamos Tudo o que está oculto por trás de um “Não é você, sou eu” e estas são as conclusões que chegamos:

O verdadeiro significado da frase “Não é você, sou eu”

+ Acreditamos que o intervalo será menos doloroso

Significado da frase não é você sou eu

Quando uma das duas pessoas que formam o relacionamento ainda está apaixonada, não há maneira possível de terminar sem causar danos. Apesar disso, existem algumas maneiras de tornar o processo menos amargo e use a frase “Não é você, sou eu” não é um deles.

Todos nós merecemos sinceridade e respeito e mais ainda quando compartilhamos uma parte do nosso tempo e da nossa vida com essa pessoa. Pensamos que, carregando a responsabilidade pelas costas e dizendo que “você é bom demais para mim, eu não mereço você”, economizaremos sofrimento, mas não é assim. Nas rupturas, você passa pelas mesmas fases de um duelo antes da morte de um ente querido (mal-entendido, raiva, tristeza …). Portanto, se a pessoa souber os verdadeiros motivos pelos quais o relacionamento acabou, será mais fácil seguir em frente. vencê-los Além disso, também ajudará você a aprender com seus erros em relacionamentos futuros.

+ Não damos nenhuma alternativa ao nosso parceiro

Não é você, sou eu, frase que indica quebra de amor

Se o seu parceiro lhe disser “Não sou você, sou eu”, não adianta pedir outra chance ou dizer a ele que você vai mudar e que fará um esforço para fazer o relacionamento prosperar. No momento em que essas palavras saem da sua boca, você não tem nada a fazer, exceto aceitá-las.

Ele fará toda a culpa cair sobre ele e erguerá uma parede enorme que, por mais que você tente, não será capaz de atravessar. Um “não é você sou eu” que nada mais é do que uma máscara que esconde uma triste realidade: “Eu não te amo mais, mas não ouso dizer claramente por medo de machucá-lo”.

+ Falta de maturidade e responsabilidade de assumir o comando

Não é você, sou eu, uma maneira de terminar com seu parceiro

O expressão “não é você, sou eu”É provavelmente a frase mais vazia e imatura que pode ser pronunciada quando um relacionamento vai terminar. Atrás dela, esconde-se uma série de características que denotam uma enorme covardia:

+ Baixa capacidade para enfrentar problemas e gerenciar emoções.

+ Falta de coragem e maturidade: Todos nós merecemos conhecer a verdade, a fim de melhor assumir a ruptura e ser capaz de superá-la. O fato de ocultá-lo à outra pessoa, evitaremos o sofrimento, denota verdadeiro egoísmo. A única coisa que realmente se destina a ela é diminuir o peso e tentar se sentir melhor por não culpar a outra pessoa pelo fim do relacionamento.

+ Má inteligência emocional: As pessoas que não assumem sua responsabilidade e brincam com os sentimentos dos outros não têm essa qualidade importante que nos permite viver com maior equilíbrio e respeito por nós mesmos e pelos que estão à nossa volta.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *